Cerimônia contou com a presença de autoridades em Paramaribo.

A Organização das Nações Unidas (ONU) proclamou o aniversário de Mahatma Gandhi, celebrado nesta terça-feira (2), como o dia da não violência. Se estivesse vivo, o líder indiano completaria 150 anos. Ele ficou conhecido por atuar na ação que resultou na saída dos ingleses do país.

Em Paramaribo, na Heiligenweg, na estátua de Gandhi, várias pessoas participaram de uma cerimônia, entre as quais, a primeira-dama do Suriname, Ingrid Bouterse, ministros do governo federal e o embaixador da Índia no país, Mahender Singh Kanyal. O memorial esteve decorado com flores.

Sobre Gandhi

Mohandas Karamchand Gandhi nasceu em 1869, era político e advogado. Em sânscrito, seu apelido “mahatma” significa “grande alma”. Alguns o consideravam o pai da Índia e de seu povo. Ainda hoje, as influências de seu legado são visíveis. Mahatma Gandhi foi um dos fundadores do estado moderno da Índia e favorece a não-violência ativa como meio de revolução.

Foto: Reprodução/Ingrid Bouterse