Homem contraiu doença durante viagem à Arábia Saudita em fevereiro. Ele estava internado em hospital em Ostercappeln, na Alemanha.

Um alemão de 65 anos morreu vítima das consequências do coronavírus MERS (Síndrome Respiratória do Oriente Médio), que contraiu em fevereiro durante uma viagem a Arábia Saudita, anunciaram nesta terça-feira (16) as autoridades do país.

Publicidade

O homem faleceu no dia 6 de junho em um hospital de Ostercappeln (oeste), vítima de uma doença pulmonar consecutiva à infecção de MERS, informou o ministério regional da Saúde da Baixa-Saxônia.

Essa é a primeira morte na Alemanha decorrente da Mers, que surgiu no Oriente Médio em 2012 e faz parte da mesma família do vírus da Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars, na sigla em inglês).

Acredita-se que o homem tenha contraído o vírus durante visita a um mercado de animais na Península Arábica em fevereiro, de acordo com a secretaria. Segundo o órgão, não há indicação de que ele tenha infectado outros, uma vez que 200 pessoas foram submetidas a testes e todos os resultados deram negativo.

O país mais afetado no momento pela doença, contra a qual não existe no momento nenhuma vacina, é a Coreia do Sul, que registra 19 mortes em um total de 154 pessoas contaminadas, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: Veja

 

 

Comentar

Comentar