Chan Santokhi — Foto: Luiz Paulo
Publicidade

O presidente Chan Santokhi lançou a campanha de informações sobre a vacinação Covid-19 no Suriname. O chefe de estado falou tecnicamente sobre o vírus, seus efeitos e como agir. Ele reiterou que, nos estágios iniciais da propagação, poucas informações estavam disponíveis. Por conta disso, muitas pessoas foram vítimas da pandemia.

“Agora, depois de muitos meses, tudo é feito por meio de protocolos bem conhecidos. As informações científicas têm sido importantes para isso. Milhares de doses estão a caminho, um grande lote foi recebido recentemente pela Índia, e também uma grande quantidade pela COVAX”, disse o chefe de estado em pronunciamento à imprensa.

Publicidade

“Vamos errar nosso alvo se nem todos forem vacinados. É importante que a sociedade vá voluntariamente tomar a injeção. Assim que os médicos disserem que eu posso ser vacinado, estarei pronto para ser vacinado porque acredito no criador e na ciência. O país pode ser construído ainda mais com um Suriname saudável”, completou.

“Nem durante nem depois, não foram momentos agradáveis”, disse Santokhi sobre os dias em que conviveu com o vírus. O chefe de Estado apela para que sejam disponibilizadas mais informações científicas sobre este assunto. “Portanto, é bom que a vacina esteja disponível para as pessoas do nosso país”, concluiu Chan Santokhi.

 

Comentar

Comentar