Publicidade

Um menor de 17 anos não conseguiu segurar a emoção no Tribunal de Justiça do Suriname na última quarta-feira, dia 7, ao relatar como o próprio pai, Jan J., cometia abusos sexuais com ela na casa dele. O caso aconteceu na noite do dia 26 de agosto do ano passado.

Em depoimento, a adolescente relatou que estava deitada na cama com pai e pegou no sono. Ela teria despertado com Jan já praticando o abuso. Em choque, a menina afirmou que não conseguiu denunciar à época. Ao juiz, ela negou que tenha feito sexo consentido.

Publicidade

“Por medo, ela não denunciou o crime imediatamente, mas apenas em 24 de outubro de 2020”, disse o juiz. Já o pai disse que a própria filha teria tomado iniciativa para praticar sexo com ele. Um irmão da vítima também foi ouvido e contou ter sido informado do estupro pela garota.

O caso segue sendo investigado pelas autoridades do Suriname. Em maio, uma nova rodada de depoimentos será registrada com novas testemunhas. A vítima está sendo acompanhada pelas autoridades. O Ministério Público pede a condenação de Jan.

 

Comentar

Comentar