O Ministério das Relações Exteriores emitiu um novo relatório informando que 155 estrangeiros foram deportados do Suriname.

De acordo com a lista emitida pelo Departamento de Imigração ligado ao Ministério das Relações Exteriores, os brasileiros voltaram a encabeçar a lista de estrangeiros que foram obrigados a sair do Suriname por violar a lei de imigração do país.

Publicidade

A informação foi divulgada nesta terça-feira, 13 de julho, pelo Departamento de Relações Públicas da Polícia.

Os imigrantes ilegais deportados são de diferentes nacionalidades e a lista é composta por 50 brasileiros seguidos 40 haitianos, 38 chineses, 9 guianeses, 8 holandeses, 5 dominicanos,  1 indonésio, 1 cubana, 1 Bahamaan, 1 venezuelana e 1 do Nepal. “A maioria dos estrangeiros deportados poderá voltar ao Suriname somente depois de um ano se os documentos estiverem em ordem. Houve somente o caso de um chinês que só poderá retornar ao país depois de cinco anos”, informou o Departamento de Imigração do Suriname.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar