De acordo com informações divulgadas no site oficial da polícia (KPS), uma nova leva de estrangeiros foi obrigada a deixar o Suriname em 2018.

A lista com as diferentes nacionalidades dos estrangeiros deportados foi apresentada neste sábado (16) pelo Departamento de Imigração da Justiça e Polícia (Juspol).

Publicidade

Este é o primeiro relatório da polícia de imigração apresentado no ano de 2018 informando que o ano começou com 61 estrangeiros deportados. Na lista de estrangeiros expulsos do Suriname estão 27 brasileiros, 22 chineses, 9 guianeses, 2 holandeses e 1 da República do Congo. Segundo o Departamento de Imigração, a maioria dos estrangeiros deportados poderão somente retornar ao Suriname após um ano, se seus documentos estiverem em ordem.

Em novembro do ano passado 60 estrangeiros flagrados com documentação migratória irregular foram obrigados a deixar o país. Entre os deportados estavam 24 brasileiros, 20 chineses, 6 guianeses, 3 holandeses, 3 haitianos, 2 dominicanos, 1 colombiano e 1 francês.

No més de janeiro de 2018 o Ministério da Justiça e Polícia (Juspol) prorrogou o prazo até 15 de abril para que os estrangeiros que não tiveram a oportunidade de obter a autorização de permanência no país tenham mais uma oportunidade para colocarem em ordem sua documentação.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar