Dez balsas com fogos começam a seguir para Copacabana às 18h desta segunda (30). Expectativa da Riotur é 3 milhões de pessoas na praia durante a virada.

A festa da virada para 2020 em Copacabana, na Zona Sul do Rio, promete ser muito mais colorida. Para combinar com o espírito alegre do carioca e com o tema do réveillon – “Amar a cada vista” – o show vai ter fogos multicoloridos e até com desenhos tridimensionais, além das tradicionais cascatas e carinhas felizes.

Publicidade

“O destaque deste ano vão ser as cores. Preparamos fogos multicoloridos e com efeitos tem 3D, com desenhos de cubos, além de estrelas, corações, Saturno e cascatas em azul e dourado. Termos seis efeitos visuais novos, como fogos que giram, e bem coloridos”, disse o responsável pela direção artística dos fogos, Marcelo Kokote, da Vision Show, que prepara terceiro réveillon carioca.

Uma das dez balsas com fogos do réveillon de Copacabana, que começa a ser rebocada às 18h para orla — Foto: Alba Valéria Mendonça/G1
Uma das dez balsas com fogos do réveillon de Copacabana, que começa a ser rebocada às 18h para orla — Foto: Alba Valéria Mendonça/G1

Com a experiência de quem fez os shows de fogos do Rock in Rio e da Show de Luzes de Gramado (RS), Kokote afirma que dificilmente o espetáculo vai ser embaçado pela fumaça.

“Além de usarmos fogos de boa qualidade, a previsão do tempo nos é muito favorável. A fumaça acontece quando há muita umidade no ar e pouco vento. E a previsão para a noite do réveillon é de céu limpo”, disse Kokote.

Ao todo são cerca de 16,9 toneladas de fogos em 18 mil bombas de fabricação chinesa, portuguesa, italiana e brasileira, espalhadas por dez balsas ao longo da orla do Leme e Copacabana, ancoradas a cerca de 450 metros da praia.

O show de luzes no céu vai ser ter duração de 14 minutos e será acompanhado de uma trilha sonora exclusiva. Ou seja, os fogos explodirão ao som de 12 canções, que vão da música clássica, passando pelo funk e MPB e terminando com o samba.

As dez balsas com os fogos do réveillon do Rio começam a ser levadas para a orla de Copacabana, na Zona Sul da cidade. A operação deve começar às 18h, quando todos os portos da cidade encerram suas operações para o transporte das balsas por rebocadores. A última balsa deve atracar em Copacabana às 6h de terça-feira (31).

Na manhã desta segunda-feira (30), o presidente da Riotur, Marcelo Alves, acompanhou a última vistoria das bombas e embarcações, junto com o coronel Rodrigo Polito, do Corpo de Bombeiros, do capitão de mar e guerra André Félix, da Capitania dos Portos, da delegada Daniela Terra, da Coordenadoria de Fiscalização de Armas e Explosivos, e do responsável pela direção artística dos fogos Marcelo Kokote.

“A expectativa é a melhor possível, com público recorde. Estamos com quase 100% de ocupação dos hotéis, expectativa de 1,9 milhão de turistas e de três milhões de pessoas em Copacabana. O Rio continua sendo a capital mais desejada do país e fizemos um planejamento de marketing o ano inteiro para emocionar não só turistas, mas o carioca também, com as belezas da cidade e sua pluralidade”, disse Alves, lembrando que no réveillon de 2019 estiveram no Rio 1,4 milhão de turistas e público total de 2,8 milhões de pessoas na orla.

Esportistas devem evitar o mar

O capitão André Félix, da Capitania dos Portos, informou que 500 homens em 30 embarcações da Marinha darão apoio à operação do réveillon. Ele fez um apelo para que esportistas, principalmente de stand up paddle e de canoagem evitem entrar no mar e se aproximar das balsas.

“Pedimos para que esses esportistas não entrem no mar, por medida de segurança. O risco é elevado. No ano passado, este foi um dos problemas que tivemos de contornar, o de pessoas querendo se aproximar das balsas”, disse Félix, lembrando 200 embarcações e oito transatlânticos obtiveram licença para acompanhar do mar a queima de fogos. Eles ficarão fundeados a 300 metros de distância das balsas.

Veja também:

Réveillon no Rio: balsas com fogos são vistoriadas nesta segunda

Fonte: G1

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar