Vem ai a 2ª edição do SURIMEP 2017

Vem ai a 2ª edição do SURIMEP 2017

A 2ª edição da Suriname International Mining, Energy & Petroleum Conference & Exhibition (SURIMEP) será realizada de 1 a 3 de novembro de 2017.

O evento que envolve grandes empresas do setor de mineração espera contar com a participação de mais de 200 delegados nesta segunda edição da (SURIMEP 2017).

O evento organizado pela AME Trade Ltd será realizado na Câmara de Comércio e da Indústria (KKF) e no Centro de Conferências e Exposições em Paramaribo, orgulha-se de ter como patrocinadores grandes nomes como, Grassalco, Republic Bank, Baitali Group, JSL International, Borgoe, Courtyard-Marriott e Shyamnarain Associates. De acordo com os organizadores, embora não exista dúvida de que os últimos dois anos foram particularmente difíceis para as indústrias extrativas do Suriname; 2017, no entanto, mostrou-se um ano mais positivo com a Newmont-Surgold iniciando a produção comercial da mina de ouro em Merian no final do ano passado e a Hess, ExxonMobil e Statoil assinando acordos de compartilhamento de produção neste verão.

A SURIMEP 2017 terá três dias de sessões de conferências perspicazes que discutirão as contribuições do setor e como sua industrialização pode contribuir para a diversificação da economia do país, redefinição de redes, passeios pós-evento e turnês da indústria.

O tema desta edição da SURIMEP será: “Otimizando os vínculos da indústria de recursos para catalisar o desenvolvimento econômico do Suriname”.

Os participantes do evento serão beneficiados com:

  • conhecimento aprofundado do mercado a partir das informações da indústria apresentadas pelo nosso painel de especialistas.
  • Apresentação dos produtos ou serviços das empresas participantes para compradores precisos e acesso a fornecedores e distribuidores confiáveis.
  • oportunidade de networking com especialistas em mineração, energia e petróleo.
  • Programa interativo de dois dias com a oportunidade dos participantes estarem envolvidos nos debates e discussões com os decisores da indústria extrativa e novas conexões comerciais e futuras parcerias.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar