Veja melhores lugares e horários para apreciar ‘Lua de Sangue’

Veja melhores lugares e horários para apreciar ‘Lua de Sangue’

Recife será a primeira das capitais brasileiras a observar o mais longo eclipse total do século. Especialistas indicam locais com vista para o horizonte a leste

Quanto mais perto do horizonte a leste, melhor. O ideal ainda é que a paisagem não seja obstruída por prédios e outras barreiras altas. São estas as recomendações para quem deseja apreciar, nesta sexta-feira (27), o mais longo eclipse total da Lua neste século.

Do início até o final, o fenômeno terá duração de uma hora e 42 minutos — e, no Brasil, poderá ser observado nas regiões Sul, Sudeste e Nordeste.

Para quem estiver na capital paulista, onde a Lua já nascerá em fase de eclipse total — no centro da sombra projetada pela Terra — às 17h39, o físico e astrônomo Gustavo Rojas, da Ufscar (Universidade Federal de São Carlos), indica o Pico do Jaraguá como um bom local para observar o fenômeno.

“São Paulo é complicado especialmente porque a Lua vai estar baixa no céu no momento do eclipse. O Pico do Jaraguá, como é o ponto mais alto da cidade e permite avisar o horizonte a leste acima dos prédios, é um bom local. Eu ouvi muita gente falando que vai à Praça Pôr do Sol, mas ali não é o ideal justamente porque a vista é para a parte oeste da capital paulista”, diz o especialista.

Já os que estiverem na cidade do Rio de Janeiro podem aproveitar as praias na faixa que vai do Morro da Urca até Barra de Guaratiba, onde o nascer da Lua é visto no mar. O Planetário da cidade recomenda locais como Arpoador, Praia do Diabo e Grumari. “A nossa orla faz muitos contornos e o nosso litoral é voltado para o sul. Essas praias, entretanto, têm visão para o leste”, pondera Josina Nascimento, pesquisadora do Observatório Nacional, instituto vinculado ao MCTIC (Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações).

Mais longo eclipse total do século

O eclipse total desta sexta-feira acontece porque Sol, Terra e Lua estarão alinhados. A Lua vai entrar na parte mais escura, no centro da sombra projetada pelo planeta. O fenômeno terá início às 16h30 (horário de Brasília), mas nesse momento o satélite ainda não terá surgido no Brasil — a Lua nasce, aliás, em horários diferentes nas cidades brasileiras, começando pelo litoral. Recife (17h15) será a primeira das capitais a ver a ‘Lua de Sangue’, seguida por Vitória (17h18), Natal (17h19), Salvador (17h22), Rio de Janeiro (17h26) e Belo Horizonte (17h34).

Nas regiões Centro-oeste e Norte, será possível observar apenas o eclipse parcial, que acontece quando a Lua sai do centro da sombra projetada pela Terra e se move em direção à penumbra — faixa de transição entre luz e a área sombreada. “O eclipse total termina às 18h13. Em Cuiabá, por exemplo, a lua nasce depois disso, então só será visto o fenômeno parcial, que vai até às 19h19”, ressalva Josina, do Observatório Nacional.

Participação do Planeta Vermelho

A boa notícia é que, independentemente da região, todos os brasileiros poderão avistar o planeta Marte em brilho máximo. “A olho nu, vai ser possível observar Marte a leste, acima da Lua assim que for acabando o horário do crepúsculo. O planeta vai estar próximo da Terra e deve parecer uma estrela vermelha”, conclui a pesquisadora.

Fonte: R7

 

Comentar

Comentar