Torre Eiffel brilha em tom dourado em homenagem a Charles Aznavour

Torre Eiffel brilha em tom dourado em homenagem a Charles Aznavour

Cantor francês morreu nesta segunda-feira (1) aos 94 anos. Rua em capital francesa deve ganhar nome do artista.

A Torre Eiffel brilhou com um tom de dourado na segunda-feira (1) à noite para homenagear o cantor Charles Aznavour, embaixador mundial da canção francesa que morreu aos 94 anos.

Suas mais belas canções, como “La Bohème”, “La Mamma”, “Comme ils disent”, “Mes emmerdes”, foram ouvidas na ponte d’Iéna e imagens do artista de origem armênia foram projetadas em um telão.

A prefeita de Paris, Anna Hidalgo, que organizou o tributo, anunciou que vai propor a mudança do nome de uma rua da capital francesa para homenagear o artista.

Aznavour, que vendeu mais de 180 milhões de discos em oito décadas de carreira, morreu em Alpilles, sudeste da França, na madrugada de segunda-feira.

Ele acabara de retornar de uma turnê pelo Japão, depois de ter sido obrigado a cancelar vários shows durante o verão (hemisfério norte) por uma fratura no braço, provocada por uma queda.

O cantor tinha um show programado para 26 de outubro em Bruxelas.

Fonte: G1

Foto: Torre Eiffel brilha em tom dourado em homenagem ao cantor Charles Aznavour — Foto: Christophe ARCHAMBAULT / AFP

Comentar

Comentar