Serviço de Controle Econômico vai investigar abuso de preços em supermercados do Suriname

Serviço de Controle Econômico vai investigar abuso de preços em supermercados do Suriname

O Serviço de Controle Econômico (ECD) anunciou que supervisionará os cálculos de preços pelas empresas de forma mais rigorosa. 

De acordo com a Associação de Consumidores do Suriname, a ação do Serviço de Controle Econômico (ECD), a partir desta segunda-feira (11) é o resultado de reclamações de que o imposto sobre veículos está sendo repassado aos clientes de maneira inaceitável.

O Ministério do Comércio, Indústria e Turismo (HI & T) informou que, após a introdução do imposto sobre veículos, foi registrado o caso de um empresário que estava repassando o custo do imposto para o preço de venda de seus produtos. Segundo representantes do (HI & T), o caso foi registrado depois que um cidadão relatou, via mídia social, que um comerciante havia cobrado uma taxa extra por causa do imposto.

A Associação de Consumidores do Suriname já apresentou queixas contra os comerciantes que estão repassando o custo com o imposto de forma abusiva no Ministério do Comércio, Indústria e Turismo (HI & T) e a equipe do (ECD) será enviada para investigar cada caso.

O ECD verificará através dos recibos de compra dos varejistas e outras empresas até que ponto o preço de venda para os consumidores está correto e verificará também se a margem de lucro não foi excedida. Consumidores e empresários que forem vítimas de preços abusivos podem denunciar estes casos ao Departamento de Defesa do Consumidor ou ao Departamento de Controle Econômico (ECD).

Foto: Arquivo LPM NEWS

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar