Receita Federal apreende 51 iPhones importados de forma irregular no aeroporto do Recife

Receita Federal apreende 51 iPhones importados de forma irregular no aeroporto do Recife

Produtos estavam com passageiro em voo doméstico e devem ser encaminhados a leilão. Receita acredita que aparelhos vieram do Paraguai.

A Receita Federal apreendeu 51 iPhones no Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre, na Imbiribeira, na Zona Sul da cidade. Os aparelhos de celular estavam sendo importados irregularmente e estavam sob posse de um passageiro em um voo doméstico, vindo do aeroporto de Congonhas, em São Paulo. A apreensão foi divulgada nesta segunda (22).

Entre as mercadorias ainda estavam duas unidades de um relógio da mesma marca. A Receita aponta que as mercadorias têm como provável origem o Paraguai e podem atingir um valor de mercado de R$ 200 mil.

“O nosso setor de inteligência identificou que esse passageiro estava vindo do Paraguai com alguma mercadoria, mas não sabíamos o que era. Quando fizemos a abordagem no Recife, vimos que eram celulares e relógios”, afirma o delegado da Alfândega do Recife, Carlos Eduardo Oliveira.

O passageiro foi liberado e recebeu um prazo de 20 dias para defesa administrativa. Caso ele não se manifeste, pode sofrer representação fiscal pelo crime de descaminho e pode ser condenado a até 4 anos de prisão.

Por serem bens importados de forma ilegal, os produtos devem ser encaminhados a leilão público e eletrônico para pessoas físicas e jurídicas. De acordo com a Receita, o valor arrecadado deve ser destinado ao pagamento de tributos, à seguridade social e ao Fundo de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento da Atividade de Fiscalização (Fundaf).

Fonte: G1

Comentar

Comentar