Queda de helicóptero no Quênia deixa 5 mortos, 4 deles americanos

Queda de helicóptero no Quênia deixa 5 mortos, 4 deles americanos

Helicóptero caiu em uma ilha no Lago Turkana, no norte do país.

A polícia queniana informou que quatro norte-americanos e um piloto local morreram depois que o helicóptero caiu em uma ilha no Lago Turkana, no norte do país.

O relatório da polícia interna divulgado pela Associated Press diz que o acidente ocorreu no domingo (3) à noite no Central Island National Park, quando dois helicópteros decolaram após uma visita ao campo de Lobolo.

A embaixada dos Estados Unidos confirmou a morte dos quatro americanos e os nomes de três deles: Anders Asher Jesiah Burke, Brandon Howe Stapper e Kyle John Forti. O relatório policial não informou as causas do acidente.

A mídia local disse que o piloto Mario Magonga já trabalhou para o vice-presidente do país e teve treinamento e experiência extensos. Anteriormente, ele havia atuado como piloto das Forças de Defesa do Quênia, mas trabalhava para uma empresa privada, a KIDL Helicopters, desde março de 2017.

No mês passado, a queda de um avião matou cinco pessoas, três delas norte-americanas, quando se dirigiam para Lodwar, perto do Lago Turkana. A queda do Cessna 206 foi na floresta de Makutano, na cidade de Loandini. O avião de pequeno porte teria sofrido um problema mecânico momentos antes de colidir com uma árvore.

O pequeno avião transportava os passageiros da pista de aterrissagem de Ol Kiombo, instalada na turística reserva natural de Maasai Mara, até a cidade de Lodwar, no condado de Turkana (norte).

Em junho do ano passado, acidente similar ocorreu quando outro pequeno avião que voava de Kitale (oeste) a Nairóbi caiu na Cordilheira de Aberdare e deixou 10 mortos.

Fonte: G1

Comentar

Comentar