Polícia investiga entrada ilegal de haitianos no Suriname

Polícia investiga entrada ilegal de haitianos no Suriname

A descoberta na segunda-feira (10) de sete haitianos em um caminhão confirmou a suspeita da polícia e que haitianos estão entrando ilegalmente no Suriname a partir da Guiana Inglesa. 

De acordo com fontes da polícia, a fronteira entre o Suriname e a Guiana Inglesa, tornou-se uma rota alternativa para quadrilhas que lucram com o tráfico humano.

Durante uma inspeção no posto de fronteira em Burnside, na última segunda-feira, um caminhão que transportava arroz num contêiner, foram descobertos sete imigrantes ilegais. “A tentativa de ocultar os imigrantes ilegais foi muito engenhosa”, disse o comandante regional, Comissário Widjaikoemar Oedit. A carga de arroz foi arrumada de tal maneira que em um espaço aberto na parte de trás foi deixado um pequeno espaço com ventilação pelo teto onde estavam escondidos os sete imigrantes ilegais.

Um policial que subiu na parte de cima do contêiner descobriu a abertura de ventilação e ordenou que a carga fosse retirada revelando o esconderijo onde estavam os sete haitianos que entrariam ilegalmente no Suriname.

O comissário Widjaikoemar disse que é inevitável que uma organização criminosa esteja por trás desse plano de entrada ilegal de estrangeiros no país. O motorista confessou que ele embolsou 100 dólares americanos por pessoa e confirmou que este procedimento já está sendo usado há algum tempo. Caminhões como esse com carga de arroz costumam passar pelo posto de fiscalização sempre durante a madrugada.

“Vale prevenir que cada caminhão a partir de agora é verificado minuciosamente”, afirmou o comissário do distrito de Nickerie.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar