Polícia de Imigração expulsa 56 imigrantes ilegais do Suriname

Polícia de Imigração expulsa 56 imigrantes ilegais do Suriname

De acordo com relatório de Departamento de Imigração, os 56 estrangeiros ilegais foram deportados no mês de março de 2018.

O governo do Suriname tem dado oportunidade através de projetos de legalização lançados desde o ano passado para que os estrangeiros que desejam viver e trabalhar no país possam legalizar-se.

No sábado, 14 de abril, o Departamento de Imigração emitiu mais um relatório informando que uma nova leva de imigrantes ilegais foi obrigada a sair do Suriname. Desta vez foram deportados 56 imigrantes ilegais de diferentes nacionalidade entre brasileiros, chineses, guianeses, franceses e dominicanos.

Segundo a lista da polícia, somente no mês passado foram deportados  24 brasileiros, 14 chineses, 7 da Guiana Inglesa, 5 indonésios, 2 franceses, 2 dominicanos, 1 holandês e 1 colombiano. O Departamento de Imigração informa que os estrangeiros que são reincidentes na violação das leis de imigração do Suriname, somente poderão retornar ao país após um ano se seus documentos estiverem em ordem.

Na sexta-feira, 6 de abril, em uma operação que contou com a cooperação do Serviço Nacional de Segurança e do Exército Nacional na região de Brokopondo, doze mulheres dominicanas que entraram ilegalmente no Suriname foram presas. Na operação de combate ao tráfico de seres humanos, também foram presos 6 surinameses acusados de participar de uma quadrilha que explora o trabalho de prostituição através da entrada de estrangeiros ilegais no Suriname.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar