Ministro das Finanças do Suriname diz que governo não terá problema para pagar novos salários

Ministro das Finanças do Suriname diz que governo não terá problema para pagar novos salários

O ministro Gillmore Hoefdraad, das Finanças, disse na quinta-feira (11) na Assembléia Nacional que o governo não tem problema financeiro para pagar os novos salários dos professores e funcionários públicos.

O ministro das finanças, em tom de entusiasmo, afirmou ainda que o Suriname está superando a crise e que os bons tempos chegaram.

Hoefdraad disse que o montante fixo de SRD 500 pago aos professores trará um impacto aos cofres públicos de SRD 16,9 milhões. Referente o reajuste de salários de funcionários públicos o custo ficará entre SRD 30 milhões e SRD 32 milhões. De acordo com o ministro, o dinheiro para o pagamentos dos novos salários vem de participações governamentais no setor de combustível. Além disso, ganhos financeiros inesperados no setor de mineração e de mais impostos cobrados de empresas estrangeiras em atividade no país, aumentaram a receita do governo.

Hoefdraad disse ainda que o governo, com os números positivos já pode concluir que o pagamento dos salários terá um impacto negativo sobre a inflação. “Nenhum empréstimo foi efetuado para esta despesa e os números a partir de abril começaram a mostrar um aspecto positivo” enfatizou o ministro em seu relatório aos parlamentares na Assembléia Nacional.

Hoefdraad acrescentou que todos os esforços serão feitos para manter esta tendência positiva nas contas do governo.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar