Marina Silva vota na sede do Incra em Rio Branco

Marina Silva vota na sede do Incra em Rio Branco

Candidata da Rede à Presidência chegou à zona eleitoral por volta das 9h35 no horário do Acre; 11h35 no horário de Brasília. Ela disse que buscou fazer campanha de desconstrução da violência.

A candidata da Rede à Presidência da República, Marina Silva, votou na manhã deste domingo (7) no Instituto de Colonização e Reforma Agrária (Incra), em Rio Branco (AC).

Marina chegou à zona eleitoral por volta de 9h35, horário do Acre (11h35 horário de Brasília), e levou cerca de 2 minutos para votar. Por causa do fuso-horário, a eleição no Acre começa e termina duas horas depois em relação a Brasília.

A candidata chegou no local de votação acompanhada do marido e da irmã e fez sinal de coração. Ao finalizar a votação, cumprimentou os mesários e falou com jornalistas.

Marina disse que buscou fazer uma campanha de desconstrução da violência e sem apelar para o que chamou de discurso fácil.

Ela ainda disse que a polarização entre os eleitores de Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), primeiro e segundo lugares nas pesquisas, não é uma boa alternativa para a sociedade.

“O Brasil vive hoje uma grave crise política, econômica, crise social e uma crise profunda de valores. Os dois partidos que hoje estão fazendo a polarização não são uma alternativa para a sociedade brasileira. Não fomos pelo caminho tentador das promessas mirabolantes e muito menos de fazer o discurso fácil, de desconstrução e violência. A nossa campanha foi uma campanha de primeiro turno para oferecer a segunda face”, disse a candidata.

“Fizemos uma campanha limpa, com propostas e sem agressão e é por isso que estamos credenciados a ganhar essas eleições”, completou Marina.

Fonte: G1

Comentar

Comentar