Londres diz que não vai renovar a licença do Uber

Londres diz que não vai renovar a licença do Uber

Sadiq Khan, prefeito de Londres, afirmou que ‘apoia plenamente’ a decisão. ‘Todas as companhias precisam ter desempenho de acordo com as regras e aderir os elevados padrões que esperamos’.

As autoridades responsáveis pelo transporte de Londres informaram nesta sexta-feira (22) que não vão renovar a licença do Uber, afirmando que a companhia não é “idônea e competente” para operar na cidade. As autoridades citam a abordagem da empresa para reportar crimes graves além do uso de um software que impedia a regulamentação e o monitoramento do aplicativo.

Sadiq Khan, prefeito de Londres, afirmou que ele “apoia plenamente” a decisão de não renovar a licença, que expira em 30 de setembro.

“Todas as companhias em Londres precisam ter desempenho de acordo com as regras e aderir os elevados padrões que esperamos – particularmente quando se trata da segurança dos clientes”, afirmou Sadiq em comunicado. “Prestar serviços inovadores não deve ser feito às custas da segurança dos clientes”, completou.

Em comunicado, a Uber informou que irá recorrer imediatamente da decisão nos tribunais. A empresa poderá continuar com as operações enquanto entra com recurso. “Se a decisão se mantiver, isso poderá colocar mais de 40 mil motoristas licenciados fora do trabalho e privar os londrinos de uma conveniente e acessível forma de transporte”, alegou a empresa.

 Fonte:G1

Comentar

Comentar