José Paulo Ribeiro: A IMPORTÂNCIA DA POLÍTICA PARA A CIDADANIA

José Paulo Ribeiro: A IMPORTÂNCIA DA POLÍTICA PARA A CIDADANIA

O Sr. José Paulo Ribeiro é colunista do jornal LPM NEWS e Conselheiro Representante de Brasileiros no Exterior (CRBE).

Nesta quarta-feira (5), voltamos a publicar a segunda parte do periódico escrito pelo Sr. José Paulo Ribeiro, sobre “Política e Cidadania”.

Tomando como exemplo o Brasil, antes do processo de impeachment da ex-presidente Dilma, o Brasil já vivia um ambiente de denuncismo e de judicialização da política, como parte de um movimento moralista-justiceiro, que também vinha dando ensejo a um forte questionamento das instituições do Estado, liderado por forças que não vê com bons olhos a participação política das camadas mais simples do país, inclusive por alguns importantes veículos de comunicação, com o propósito de retirar do povo seu papel de cidadania ativa (fiscalização) sobre os destinos do país.

Em nome do combate a uma suposta degradação moral do país, há muita gente utilizando o discurso anticorrupção para questionar o papel da política e do Estado, levando à alienação e ao próprio enfraquecimento das instituições políticas que poderiam atacar as causas da corrupção, ampliando os instrumentos de controle, de transparência, de acesso à informações e de exigência de integridade dos agentes públicos, inclusive com a responsabilização civil e penal. “É preciso deixar claro que não existe solução para os problemas coletivos fora da política, assim como não há cidadania sem educação política e participação”, acentua o colunista. Por isso, a solução para enfrentar esse déficit de cidadania e essa campanha de deslegitimação da política passa pela educação política, em todos os espaços possíveis, particularmente nas escolas, imprensa, partidos, movimentos sociais etc., e pela participação informada e consciente no processo político.

“Os que desdenham da política o fazem por ignorância ou má-fé”, sublinhou o presidente do Conselho de Representante dos Brasileiros no Exterior.

Em sua exposição, o Sr. José Paulo Ribeiro acrescenta que os primeiros, ignoram o mal que fazem a si próprios ficando alheios ao que acontece em seu entorno, tornando-se potenciais vítimas dessa escolha. E os que agem de má-fé, intencionalmente, desqualificam a política para dominá-la, excluindo o povo do processo de escolha e de pressão sobre os detentores de mandatos, políticos e governantes.

Na semana da Independência do Brasil, o jornal LPM NEWS estará compartilhando aqui neste espaço, a terceira e última parte do comentário de autoria do garimpeiro, pastor e cidadão que se tornou uma referência entre a comunidade brasileira no Suriname por sua habilidade de comunicação e dedicação aos interesses dos brasileiros que trabalham nos garimpos.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar