Foi realizado em Paramaribo, capital do Suriname, entre 16 e 20 de abril, o “II Encontro do Grupo de Trabalho sobre Cooperação Técnica Brasil-Suriname”.

De acordo com informações divulgadas na página da Agência Brasileira de Cooperação (ABC) no Facebook, quatro novos projetos marcam a cooperação técnica Brasil-Suriname.

A delegação brasileira contou com representantes da Agência Brasileira de Cooperação (ABC) – responsável por coordenar as ações de cooperação técnica promovidas pelo Brasil – da Universidade Federal de Viçosa – UFV e do Fundo Nacional de Desenvolvimento Educacional (#FNDE), instituições nacionais envolvidas nas atividades que estão sendo desenvolvidas em parceria com o governo do Suriname.

Do lado surinamês, cinco Ministérios (Relações Exteriores, Saúde, Educação, Ciência e Cultura; Planejamento; Desenvolvimento Regional e Agricultura, Pecuária e Pesca) participaram ativamente das negociações e elaboração de projetos durante a semana onde espera-se que os projetos sejam assinados em maio, durante a visita oficial do Presidente do Suriname ao Brasil.

Em suas palavras, o Embaixador do Brasil no Suriname, Sr. Laudemar Aguiar, ressaltou os excelentes resultados obtidos durante as reuniões e reafirmou os estreitos laços entre o Brasil e o Suriname, que fortalecem a relação entre os dois países e conferem um impulso renovado ao programa de cooperação técnica bilateral.

Entre as futuras iniciativas está o apoio ao desenvolvimento de um Programa de Alimentação Escolar no Suriname, através de um projeto piloto para quatro escolas no Distrito de Wanica. Três projetos se concentrarão na agricultura: uma iniciativa introduzirá o açaí sustentável, a segunda consolidará as capacidades surinamesas em zoneamento agroecológico e a terceira desenvolverá sistemas agroflorestais no Suriname.

Os quatro projetos estão totalmente alinhados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (#ODS) das Nações Unidas.

Fonte: Facebook/ABC

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar