Hi-Jet Serviços Aéreos vai pagar recompensa de U$ 35 mil para trabalhadores que encontraram aeronave

Hi-Jet Serviços Aéreos vai pagar recompensa de U$ 35 mil para trabalhadores que encontraram aeronave

A direção da Hi-Jet garantiu que a recompensa oferecida no valor de US $ 35.000 será paga a um grupo de trabalhadores que encontrarm a aeronave que estava desaparecida.

A informação foi confirmada pela direção da empresa na segunda-feira, 4 de dezembro.

“Estamos à espera de uma confirmação para sabermos quem realmente foi o responsável por essa importante descoberta. Precisamos saber se se trata apenas de uma pessoa ou um grupo” , disse Omar Terborg, presidente do conselho de supervisão da Hi-Jet. Terborg explicou que inicialmente chegaram informações de que se tratava de dois indígenas. Enquanto isso, descobriu-se que haviam mais quatro pessoas envolvidas na descoberta. Precisamos primeiro esclarecer estas questões para depois então entregarmos a recompensa. A questão agora está com as autoridades judiciais que irão tirar todas as duvidas” explicou o presidente do Conselho de Supervisão da Hi-Jet que garantiu que as pessoas que encontraram o helicóptero serão recompensadas.

Em 23 de maio de 2015, Donavan van Embricqs (40) e o técnico Ryatno Kertodikromo (38), ambos funcionários da empresa Hi-Jet Helicopter Services, estavam voltando da vila de Sipaliwini, no extremo sul do Suriname, em direção a Paramaribo, mas desapareceram sem deixar vestígios. Buscas foram feitas por ar e por terra em uma área de vegetação equivalente ao tamanho da Holanda sem nada ser encontrado. No entanto, na semana passada de acordo com informações locais, um grupo de madeireiros chineses que trabalhava na região de Atjonie encontraram a aeronave com os restos mortais dos dois ocupantes.

As autoridades estão agora no local, mas com base em material visual e material fotográfico, já foi confirmado que se trata do helicóptero da Hi-Jet que estava desaparecido.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar