Golpes no WhatsApp podem elevar conta do celular; veja lista e fuja deles

Golpes no WhatsApp podem elevar conta do celular; veja lista e fuja deles

Fraudes via app podem ‘zerar’ bateria e fazer celular enviar propaganda. Veja dicas para fugir dos golpes pelo popular serviço de mensagem.

Quem busca descontos em passagens aéreas ou descobrir com quem os amigos conversam no WhatsApp pode acabar pagando caro na conta de telefone ou ver a bateria durar menos.  O G1lista seis fraudes que circularam pelo WhatsApp em 2016 e já foram motivo de alerta feito pelas empresas de segurança Kaspersky Lab e PSafe.

O funcionamento dos ataques é parecido: uma oferta de um aplicativo, serviço ou promoção chega até um usuário via mensagem pelo WhatsApp; antes de aproveitar a dica, ele tem de compartilhá-la com contatos. Só que, mesmo fazendo tudo corretamente, não há recompensa. No melhor dos cenários, o celular dele acaba com um app indesejado sendo instalado, que consome bateria e exibe propagandas. Nos piores casos, a conta vai sair mais cara no fim do mês por causa de serviços de SMS e gastos com pacote de dados.

Embora o modo da operação não mude, é importante ficar atento: os criminosos sempre criam novas iscas.

Veja quem visitou seu perfil
Isca: Mensagem no WhatsApp com link promete mostrar quem “xeretou” ou visualizou seu “perfil” no WhatsApp.

Funcionamento: A fraude tenta convencer a vítima a acessar um link e depois compartilhar esse mesmo link para os seus contatos.

Por isso, a mensagem da fraude também deve chegar de um contato conhecido. Caso a vítima siga as orientações da página no link, ela vai acabar vendo diversas propagandas para serviços “premium”, possivelmente cadastrando o celular em serviços via SMS.

A fraude foi descoberta pela Kaspersky Lab.

Prejuízo: Os serviços via SMS cadastrados pela vítima têm custo e o valor será cobrado na fatura do celular ou descontado dos créditos.

Fonte:G1

Comentar

Comentar