Globo afasta William Waack após declaração racista em vídeo: ‘É coisa de preto!’

Globo afasta William Waack após declaração racista em vídeo: ‘É coisa de preto!’

Globo afasta William Waack após declaração racista em vídeo: ‘É coisa de preto!’

O jornalista William Waack foi afastado da TV Globo depois da publicação de um vídeo na internet que mostra o apresentador, irritado com buzinas de carro, dizendo que tal atitude “é coisa de preto”. Não há informações sobre quem divulgou as imagens da gravação, que foi realizada durante a corrida eleitoral americana em 2016.

Em comunicado oficial, a TV Globo afirma que repudia qualquer forma de racismo em todas as suas formas: “A Globo é visceralmente contra o racismo em todas as suas formas e manifestações. Nenhuma circunstância pode servir de atenuante. Diante disso, a Globo está afastando o apresentador William Waack de suas funções em decorrência do vídeo que passou hoje a circular na internet, até que a situação esteja esclarecida.”

William aparece no vídeo antes de uma entrevista com Paulo Sotero, diretor do Brazil Institute, do Wilson Center, em um estúdio em frente à Casa Branca, nos Estados Unidos. “Tá buzinando por quê, seu merda do cacete? Não vou nem falar porque eu sei quem é.” Na sequência, Waack olha para o convidado e diz, em tom baixo: “É preto. É coisa de preto.”

William aparece no vídeo antes de uma entrevista com Paulo Sotero, diretor do Brazil Institute, do Wilson Center, em um estúdio em frente à Casa Branca, nos Estados Unidos. “Tá buzinando por quê, seu merda do cacete? Não vou nem falar porque eu sei quem é.” Na sequência, Waack olha para o convidado e diz, em tom baixo: “É preto. É coisa de preto.”

Ainda segundo o comunicado da TV Globo, “Waack afirma não se lembrar do que disse, já que o áudio não tem clareza, mas pede sinceras desculpas àqueles que se sentiram ultrajados pela situação”.

Fonte: G1

Comentar

Comentar