Feriado nacional no Suriname vai celebrar o Dia Internacional dos Povos Indígenas em 9 de agosto

Feriado nacional no Suriname vai celebrar o Dia Internacional dos Povos Indígenas em 9 de agosto

As Nações Unidas declararam o dia 9 de agosto como o “Dia Internacional dos Povos Indígenas”. 

O dia foi escolhido porque o grupo encarregado de preparar a Declaração sobre os Povos Indígenas teve sua primeira reunião no dia 9 de agosto.

A população mundial é composta por cinco por cento dos povos indígenas e no Suriname, o Dia Nacional do Indígena ou “Ingi Dey” , como o conhecemos, foi celebrado pela primeira vez em 2006. No Suriname existem cinco tribos indígenas conhecidas: Arowakken, Caraïben, Wajana’s, Akoerio’s en de Trio’s com a grande maioria vivendo em um contexto tribal no interior e ao longo da faixa costeira.

Baseado em sua responsabilidade de formular uma política populacional, o Ministério do Interior (Biza) também dedica atenção ao Dia Internacional dos Nativos. O Biza também trabalha em conjunto com o governo e as partes interessadas de ONGs para implementar o “Consenso de Montevidéu” que consiste em um acordo regional para a América Latina e o Caribe para tratar dos direitos dos povos indígenas, incluindo o direito à terra e o direito a cuidados de saúde e educação.

O feriado nacional é muito importante para os povos indígenas, porque neste dia eles lembram de seus antepassados. Historicamente os índios foram os primeiros habitantes do Suriname.

O ponto forte celebrado neste dia é que os nativos sempre estiveram no Suriname e viveram em harmonia uns com os outros, apesar do fato de existirem várias tribos. Para continuar esta harmonia, todos os povos indígenas comemoram este dia, organizando várias atividades que são celebradas com toda a comunidade surinamesa.

Apesar da data coincidir com o aniversário de 128 anos da imigração javanesa no Suriname, a maioria das atividades acontecem no Palmentuin, porque muitos indígenas vêem este lugar como um local sagrado e respeitoso.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar