Empresários do Suriname estão preocupados com aumento do salário mínimo

Empresários do Suriname estão preocupados com aumento do salário mínimo

De acordo com o Ministério do Trabalho do Suriname, o reajuste do salário mínimo já foi aprovado e aguarda somente a data para entrar em vigor.

Os empregadores não estão nada satisfeitos com o aumento do salário mínimo.

No setor de varejo, entre outras coisas, a ansiedade é alta. Há ameaças de demissões e até de fechamento de algumas empresas se o aumento do salário mínimo se confirmar. O ministro do trabalho, Soewarto Moestadja, diz que os empresários não tem razão para preocupação exagerada.

“Algumas coisas terão que acontecer antes que o aumento entre em vigor. Medidas estão sendo tomadas para garantir que a lei seja favorável para todas as partes “, afirmou o ministro do Trabalho, que tem recebido severas criticas do setor empresarial.

A alteração da lei do salário mínimo foi aprovada pelo Conselho de Ministros, no entanto, o conselho de Estado ainda tem que dar uma opinião. Tanto os empregadores como os sindicatos estão representados no conselho de Estado. O ministro Mustadja, acredita que muito em breve o reajuste do salário mínimo será aprovado. Enquanto isso, os empresários estão preocupados com as consequências para as margens de lucro já estreitas.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar