Canibal arranca nariz e orelhas de mulher que conheceu na internet

Canibal arranca nariz e orelhas de mulher que conheceu na internet

A russa Irina Gonchar, uma enfermeira de 41 anos, estava ansiosa para conhecer aquele homem galanteador que tinha conhecido pela internet.

Anatoliy Ezhkov, 45, era o sujeito com quem ela se correspondia. Morador de Kurgan, centro-sul da Rússia, Anatoliy a convidou para jantar no quarto do albergue onde ele vive. Irina topou o encontro, mas o ‘crush’ se revelou um monstro depois que Irina o rejeitou. Anatoliy ficou furioso e, bêbado e alterado, atacou com violência extrema a enfermeira. A noite virou um verdadeiro filme de terror.

Irina Gonchar teve o rosto desfigurado (Foto: arquivo pessoal)

De acordo com os meios de comunicação locais, o homem terá embriagado a mulher para depois a amarrar com uma corda e trincar violentamente o seu nariz, orelhas e dedos. Anatoliy ainda tentou estrangular Irina, mas sem sucesso. O tormento, que durou cerca de quatro horas, terminou quando alguns vizinhos ouviram os gritos desesperados da mulher e decidiram resgatá-la. A enfermeira foi levada para o hospital com feridas graves no corpo e ainda com uma fratura de costela.

Irina Gonchar teve o rosto desfigurado (Foto: arquivo pessoal)

“Ele a torturou durante quatro horas, rasgou o corpo dela com os dentes, logo, tentou matá-la. Ainda tentou estrangular, mas não conseguiu porque tinha as mãos escorregadias do sangue”, revelou uma fonte familiar da vítima ao jornal Daily Mail.

Fonte: G1

Comentar

Comentar