Cai o número de brasileiros deportados do Suriname em 2017

Cai o número de brasileiros deportados do Suriname em 2017

Pela primeira vez, o Departamento de Imigração do Suriname registrou uma queda no número de brasileiros que foram obrigados a sair do país.

De acordo com as últimas listas de estrangeiros expulsos do Suriname divulgados pelo Departamento de Imigração, os brasileiros vinham sempre encabeçando a lista de estrangeiros presos sob a acusação de estarem vivendo ilegalmente no país.

Em um novo relatório emitido na quarta-feira, 11 de maio, os brasileiros saíram do topo da lista de estrangeiros que foram obrigados a deixar o Suriname por violar as leis de imigração. Segundo a lista emitida no site oficial da KPS, os chineses passaram a ocupar o primeiro lugar na lista de estrangeiros que estavam vivendo ilegalmente no país. A lista com 102 estrangeiros corresponde aos imigrantes que foram deportados no mês de abril de 2017. Trata-se de 37 chineses, 35 brasileiros, 13 haitianos, 7 franceses, 6 guianenses, 1 vietnamitas, 1 indonésio, 1 alemão e 1 americano.

O Departamento de Relações Exteriores informa que dentre os deportados, alguns poderão retornar ao país depois de um ano se a documentação estiver em ordem, enquanto que, os demais só poderão regressar ao Suriname depois de cinco anos.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar