Cabral e mulher abrem mão de carros, joias e imóveis para a Justiça Federal

Cabral e mulher abrem mão de carros, joias e imóveis para a Justiça Federal

Entre os imóveis cedidos para leilão está a casa de praia em um condomínio de luxo em Mangaratiba, avaliada em R$ 8 milhões.

O ex-governador Sérgio Cabral e sua mulher, Adriana Ancelmo, resolveram abrir mão de seus bens que estão bloqueados pela Justiça Federal. O advogado de Cabral, Rodrigo Rocca, explicou que fez a petição na semana e que a decisão “não se trata de uma colaboração”.

Entre os bens cedidos pelo casal estão carros, joias e imóveis, entre eles a casa de praia em um condomínio de luxo em Mangaratiba, que chegou a ser anunciada para leilão, mas a venda foi impedida por recursos. A casa de praia, atualmente, está alugada por determinação do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, assim como o apartamento em que os dois moravam no Leblon, na Zona Sul do Rio.

O advogado de Cabral não informou quantos bens serão entregues à Justiça. O valor total dos bens também não foi revelado. a casa de Mangaratiba de Cabral, que foi um dos bens do ex-governador do Rio sequestrados pela Justiça. Ele está avaliado em R$ 8 milhões e local está cheio de móveis e objetos de arte, que também serão leiloados.

“Cabral e a mulher abriram mão de todos os bens que já estão à disposição da Justiça. O próprio Cabral já tinha falado que ia fazer isso na última audiência. O juiz mesmo falou que se não houvesse resistência dele, iria considerar a decisão”, disse a defesa do ex-governador. Entretando o advogado fez questão que ressaltar que o intuito da ação não fica na redução da pena.

“Óbvio que a gente espera que isso influa no juízo, mas como não há nada pactuado, foi apenas um movimento processual que pode ter repercussão ou não. Isso não é uma colaboração e vai ficar à critério do juiz avaliar se vai diminuir a pena deles”, acrescentou.

Fonte: G1

Comentar

Comentar