Bolsonaro lamenta tragédia e irá visitar Brumadinho

Bolsonaro lamenta tragédia e irá visitar Brumadinho

O rompimento de uma barragem no Córrego do Feijão, em Brumadinho, MG, pode ser um dos maiores desastres ambientais já registrados no país. O presidente, Jair Bolsonaro, usou o Twitter para lamentar o ocorrido e anunciar que tomará atitudes em relação ao caso.

O porta-voz do Governo Federal informou, em pronunciamento oficial, que Bolsonaro visitará o local do rompimento na manhã deste sábado (26) para acompanhar o trabalho de resgate às vítimas. O desastre está sendo acompanhado de perto pelo Governo, segundo o porta-voz, e “o presidente da República tem intenção de se deslocar para a região amanhã às 8h”, informou.

Ele também confirmou a ida dos ministros do Desenvolvimento Regional e Minas e Energia, Gustavo Canuto, e de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e do Meio Ambiente, Ricardo Salles, além do secretário nacional de Defesa Civil, Alexandre Lucas Alves.

Pouco antes do pronunciamento, Jair Bolsonaro usou o Twitter para lamentar a tragédia. “Lamento o ocorrido em Brumadinho-MG. Determinei o deslocamento dos Ministros do Desenvolvimento Regional e Minas e Energia, bem como nosso Secretario Nacional de Defesa Civil para a Região.”, escreveu em seu perfil.

“Nossa maior preocupação neste momento é atender eventuais vítimas desta grave tragédia.”, disse o presidente em uma nova postagem. Ele também afirmou que o Ministro do Meio Ambiente já está a caminho e que todas providências cabíveis serão tomadas.

(Com informações de Estado de Minas)

Comentar

Comentar