Bolsonaro deve ter alta na próxima sexta-feira, dizem assessores

Bolsonaro deve ter alta na próxima sexta-feira, dizem assessores

Internado há 18 dias no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, o candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, deve ter alta nesta próxima sexta-feira, dia 28. A informação da equipe médica foi repassada a aliados do presidenciável nesta segunda-feira. A expectativa é que, com a evolução do quadro de saúde, Bolsonaro siga o seu tratamento em sua casa, em um condomínio da Barra da Tijuca, no Rio.

A família do candidato cogita contratar um serviço de home-care para que ele siga com os cuidados médicos, que incluem fisioterapia. Mesmo com a alta, Bolsonaro não retomará as as atividades de campanha nas ruas e também não deverá participar dos últimos debates na TV. O presidenciável já informou que passará a fazer transmissões ao vivo pela internet durante o horário eleitoral.

Bolsonaro está afastado da corrida eleitoral desde o dia 06 de setembro, quando recebeu uma facada durante um ato de campanha em Juiz de Fora, Minas Gerais. O candidato foi submetido a uma cirurgia na Santa Casa de Misericórdia da cidade. No dia seguinte, foi transferido de avião para o Hospital Albert Einstein, onde segue o tratamento. O candidato precisou passar por uma segunda cirurgia às pressas em decorrência da aderência das paredes do intestino, no dia 12.

De acordo com o último boletim médico, divulgado no domingo, foi retirado dreno usado eliminar o acúmulo de líquido que se formara próximo ao intestino. O comunicado informou ainda que Bolsonaro recuperou os movimentos do intestino e que, depois de ter aceitado bem a dieta pastosa, começou a receber uma dieta sólida leve. O processo de recuperação envolve ainda exercícios respiratórios e breves caminhadas fora do quarto, como formas de prevenir trombose venosa.

Fonte: G1

Comentar

Comentar