Auxiliar de enfermagem é preso por estuprar jovem durante exame em SP

Auxiliar de enfermagem é preso por estuprar jovem durante exame em SP

Violência sexual teria ocorrido enquanto paciente, de 21 anos, era submetida a um eletrocardiograma, em Pariquera-Açu, interior paulista.

Um auxiliar de enfermagem, de 51 anos, foi preso apontado como o autor de um estupro cometido contra uma paciente, de 21, que realizava exames no Hospital Regional de Pariquera-Açu, no Vale do Ribeira, no interior de São Paulo. Ele nega a acusação e diz que a relação foi consentida.

A investigação da Polícia Civil fez com que o funcionário fosse identificado. A vítima procurou a Delegacia Sede da cidade dois dias após o estupro, que teria ocorrido no dia 16 de julho. Ela contou que foi abusada sexualmente enquanto fazia um exame de eletrocardiograma.

O delegado Fábio Maia informou que a direção do hospital auxiliou nas investigações, e o exame do Instituto Médico Legal (IML) apontou que houve conjunção carnal na vítima. A Justiça acatou o pedido de prisão temporária solicitado pela polícia e a ordem foi cumprida nesta segunda-feira (23).

Para o delegado, o auxiliar de enfermagem negou qualquer violência e alegou que a relação foi consentida, depois da “troca de carinhos” entre os dois no hospital. O inquérito aberto pela Polícia Civil também visa ouvir testemunhas e eventuais outras vítimas. A vítima foi medicada e passa bem.

O consórcio que administra o Hospital Regional Leopoldo Bevilaqua informou que está apurando o caso e que abriu um processo disciplinar contra o funcionário. Na conclusão do procedimento, o auxiliar, que está preso na Cadeia Pública, poderá ser submetido a penalidade, como ser demitido.

Fonte: G1

Comentar

Comentar