ATUALIZAÇÃO: Comerciantes chineses mortos por assaltantes serão velados em Paramaribo

ATUALIZAÇÃO: Comerciantes chineses mortos por assaltantes serão velados em Paramaribo

De acordo com a Associação Chinesa no Suriname (SCUA), uma caminhada silenciosa será realizada como protesto pela violência contra os chineses no Suriname.  

A caminhada será realizada na tarde desta terça-feira (18) em memória pela morte trágica do comerciante Lin Zhidi e seu filho Lin Tan que foram assassinados no interior do Suriname no inicio deste mês.

A Associação Chinesa do Suriname informa que a caminhada visa demonstrar a dor da família e de todos os chineses pela forma cruel como pai e filho foram mortos pelos bandidos. Em matéria publicada pelo jornal LPM NEWS no dia 5 de abril, quatro assaltantes armados saquearam um supermercado em uma village no garimpo do “Amendon” e depois colocaram fogo no local onde o comerciante chinês e seu filho morreram carbonizados.

Saiba mais:

Em vez de executar um serviço memorial as duas horas da tarde desta terça-feira, a comunidade chinesa estará se reunindo para uma cerimônia fúnebre na Escola chinesa localizada na rua Dr. Sophie Redmondstraat. “Em nome da família, pedimos ao público para demonstrar respeito e não causar ruído”, informou a Associação Chinesa no Suriname ( SCUA).

Todos os comerciantes chineses são convidados a fechar as portas por duas horas em demonstração de compaixão e também para chamar a atenção para as consequências do aumento da criminalidade contra os chineses no Suriname.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar