Apreensão de 1,5 tonelada de cocaína revela nova rota de droga proveniente do Suriname

Apreensão de 1,5 tonelada de cocaína revela nova rota de droga proveniente do Suriname

Segundo a Polícia Federal, o entorpecente tinha como origem provável o Suriname e destino, Belém.

A apreensão de uma tonelada e meia de cocaína no último dia 25 de agosto em Barcarena, está sendo considerada a maior apreensão de drogas feita no Pará nos últimos 10 anos.

A operação foi realizada na Vila dos Cabanos e a cocaína seria levada para alguns países da Europa. Duas pessoas foram presas em flagrante quando transportavam a droga de um carro para um barco, próximo a praia do Caripi. A investigação iniciou a partir de uma informação recebida pela PF da possibilidade de tráfico de drogas em Belém.

A  investigação durou cerca de um mês e envolveu um trabalho de pesquisa e troca de informações conjunto com a polícia norte-americana, coloca o delegado David Jacobs, que comanda a Delegacia de Repressão às Drogas da PF. “Já apreendemos muita droga em Barcarena antes dessa grande apreensão de 1,5 toneladas. Outros pontos fortes de tráfico de droga em Belém de acordo com o Denarc são os bairros do Guamá, Tenoné e o distrito de Icoaraci”, disse o delegado Jacobs.  O valor da droga apreendida pode chegar a R$ 350 milhões.

“A maior parte da droga que chega no Pará vem da Colômbia, Peru e Suriname, via Rio Amazonas, através das fronteiras das cidades amazonenses de Tabatinga e Benjamin Constant, que fazem fronteira com o país”, informou a Polícia Federal. Outra frente de entrada é via aérea pelo fato de na região existirem muitas áreas de floresta que facilitam a construção de pistas clandestinas por onde a droga também chega.

Foto: Divulgação

Fonte: DOL

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar